Famosos

Nego do Borel é intimado a depor sobre crime de extorsão e ameaça

Nego do Borel foi intimado a depor pelo delegado Luiz Mauricio Armond, titular da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), no Rio, após o inquérito das acusações de crime de extorsão e ameaça contra representantes de uma empresa de eventos presidido pelo também delegado Clayton Ricardo da Silva, da 2ª DP (Contagem-MG).

Na carta precatória é relatado que o sócio da empresa registrou um boletim de ocorrência após o funkeiro descumprir um acordo firmado entre os dois para uma live, alegando que nos momentos antes de entrar, Nego e a sua equipe pediu mais 30 mil reais para que a participação acontecesse.

Com isso, o sócio alega que a empresa teve transtornos, prejuízos imensuráveis com patrocinadores envolvidos, perda de seguidores e outros. Além disso, a empresa ainda foi ameaçada pela equipe do cantor nas redes sociais e por entrar em contato com patrocinadores intuito de prejudicá-los.

Esta é a terceira polêmica que o cantor se envolve em menos de um mês. Há duas semanas atrás, o cantor foi expulso de “A Fazenda 13” depois de ser acusado de estupro de vulnerável contra a modelo Dayane Mello. Nesta semana, Nego do Borel ficou desaparecido por 24 horas e foi encontrado em motel localizado em Vila Izabel, Zona Norte do Rio de Janeiro.

More in:Famosos