BBB

BBB 21: Sarah diz que medidas de prevenção a Covid-19 são frescuras e é acusada de gordofobia

Na tarde desta terça (23), a Sarah deu mais uma declaração polêmica envolvendo a pandemia de Covid-19, dessa vez dizendo que as medidas de prevenção a Covid-19 são frescuras e foi acusada de gordofobia por conta de uma fala.

Isso se deu quando a consultora em marketing digital conversava com o Arthur e Rodolffo sobre o seu reveillon, falando que toda hora a polícia entrava na festa para realizar se o evento estava seguindo as normas de distanciamento e que antes teve que realizar o teste se havia contraído o coronavírus ou não.

Enquanto isso, o Arthur contou que foi triste o seu Natal e Ano Novo, já que passou isolado em casa, longe de amigos e família.

Sarah: “Eu fui para o réveillon e era uma frescura da porra, e aí toda hora chegava polícia, todo mundo tinha que sentar nas mesas, tinha que estar em distanciamento, era uma festa desse tamanho, pouca gente, por causa da pandemia, todo mundo tinha que ser testado e testado no máximo cinco dias antes da festa pra poder provar que o exame era tipo… válido.”
Arthur: “Eu fiquei com medo, fiquei trancado dentro de casa natal e ano novo sozinho comigo. Trabalhei dia 24 até duas horas da tarde.”
Rodolffo: “Cara, natal sozinho é ruim, ehn?”
Arthur: “Eu desliguei meu telefone, nem falei com minha família no dia não. E ano novo sozinho também véi, só os foguetes… ano novo doeu mais.”
Sarah: “Eu já passei natal e réveillon assim em casa e pra mim é tipo desesperador.”

Logo após, Sarah ainda teve uma fala gordofóbica, dizendo que as suas colegas de época de escola estão gordas: “É que nem eu olho, na época de escola, as mina que eram as gostosona tão tudo desse (ela gesticulou ampliando os braços) tamanho hoje em dia, e eu que não tinha… dá até pra enganar, mas as meninas, pelo amor de Deus (repetição do gesto).”

More in:BBB