CinemaCrítica

Crítica – “Ameaça Profunda” fica a muito a desejar

Hoje chega aos cinemas o filme “Ameaça Profunda” do diretor William Eubank e que tem como protagonista a Kristen Stewart.

O longa gira em torno de um grupo de sobreviventes de uma plataforma submarina, que acaba sendo destruída e todos tem que correrem para sobreviverem. Com destaque a personagem Norah (Kristen Stewart), cujo a narrativa dá destaque a personagem mais que os demais.

“Ameaça Profunda” não dá nenhuma novidade ao gênero e acaba usando os mesmos clichês de filmes de sobrevivência. Até os desafios para o escape acabam não sendo novidades e nem geram muitos suspenses, como devia ser o esperado. Além de ser imprevisível, o roteiro ainda apresenta falha confusas, como em relação as espécies que acabam atacando a plataforma. Spoiler a seguir: em nenhum momento é citado a origem e a espécies dos bichos, como assim? Quem são? Pra onde vão? Será que vai aparecer no Globo Repórter?

Os efeitos especiais também ficam a desejar em certos momentos, pois ficam nítidos e até causam desconforto ao espectador. Até mesmo o monstro marinho não consegue ser tão assustador.

Em geral, o filme é razoável, mas poderia ser melhor.

More in:Cinema