CinemaCrítica

Crítica – “Um Espião Animal” diverte com história um pouco repetitiva

Hoje chega aos cinemas a animação “Um Espião Animal”, de Nick Bruno e Troy Quane e que conta a história do cientista desacreditado Walter Beckett, que um belo dia decide ajudar o super espião Lance Sterling de se livrar de sua acusação injusta de roubo, porém, o que ele não esperava é que fosse se transformar em um pombo.

O roteiro de Brad Copeland e Lloyd Taylor acaba sendo original para uma animação, em mesclar espionagem com um animal odiado por uns e amado por outros, que é o pombo. Sua história consegue manter em boa parte do tempo o fôlego da animação, mas em alguns momentos acaba sendo um pouco repetitivo ou até mesmo sem acrescentar em nada na história.

Porém, esse erro é consegue ser disfarçado pelas boas risadas que são garantidas na animação. Os vilões também não ficam a desejar nessa paródia de filmes como 007 e Missão Impossível. É garantia de uma boa risada.

Em questão da dublagem brasileira, “Um Espião Animal” se sai bem perante ao tema. Um dos casais mais balados do Brasil, Lázaro Ramos e Taís Araújo, conseguem dar o tom certo aos seus personagens, além da representatividade que é necessário em nosso audiovisual.

More in:Cinema