Teatro

Resenha: “Ney Matogrosso – Homem com H – O Musical”

Advertisement

Está em Cartaz, no 033 Rooftop, em São Paulo, o espetáculo “Ney Matogrosso – Homem com H – O Musical”. O ambiente, localizado no complexo JK Iguatemi, que por si só carrega uma atmosfera mais intimista, aproxima ainda mais o público dos artistas em cena, graças a cenários mais simples, porém bastante funcionais para as cenas apresentadas e uma plateia relativamente pequena, que faz com que, não importa onde você esteja acomodado, vai se sentir perto do espetáculo acontecendo. A peça em si está nos artistas em cena, que contam, de maneira emocionante e emocionada, a trajetória do grande artista Ney Matogrosso. Sua juventude em uma família conservadora, a ascensão à fama e seus afetos, são relatados durante o musical, que conta com os principais e grandes sucessos de Ney Matogrosso, costurando o enredo.

Logo no início, o espectador já é impactado pelas incríveis atuações de Dante Paccola e Vitor Vieira, que interpretam Ney Matogrosso jovem e Matto Grosso, seu pai, respectivamente. A forma como a cena se desenvolve, faz o público entender as dificuldades que Ney sofreu desde o começo, sendo o pai uma pessoa rigorosa, que não permitia nada fora do “padrão”. Diálogos fortes, aliás, são ponto forte do musical como um todo. Dante, que vem de musicais de sucesso como “Chaves – Um Tributo Musical” e “A Família Addams” vem, espetáculo após espetáculo, mostrando cada vez mais maturidade em cena. Neste, que é um papel denso, o ator trouxe toda a atmosfera de um jovem que teve sua vida com vários obstáculos, simplesmente por defender o seu próprio direito de ser quem é. Renan Mattos dá continuidade a esta personalidade, com uma potência e força igualmente admiráveis.

Os figurinos, característica marcante nas performances do artista, estão presentes ao longo de várias das apresentações no palco, que vira um verdadeiro show à medida que Renan Mattos, aparece para o público, carregado de emoção e energia, dando voz e vida a diversos momentos marcantes da carreira de Ney Matogrosso, como por exemplo, sua primeira aparição no dominical “Fantástico”, além de sua transição de um jovem com vestimentas simples para as mais extravagantes, em uma cena que acontece no palco, com Mattos se transformando de maneira emocionante, ao som de “Rosa de Hiroshima”.

(Divulgação)

Outro momento que merece ser destacado é quando Ney descobre a doença de Cazuza, lhe dá força e chega a produzir seu último show. Toda a cena, emocionante e carregada de afeto, se passa ao som de “Poema”, canção escrita por Cazuza e interpretada por Ney Matogrosso. O show em si, embalado pela canção “O Tempo Não Para”, emociona e arrepia pela atuação impecavelmente semelhante aos trejeitos de Cazuza, graças a um trabalho irretocável de Vinicius Loyola, responsável por dar vida ao artista. Vocais, movimentos corporais e figurino são dignos de aplausos, especialmente nos últimos momentos de vida de Cazuza, quando ele está mais magro, em decorrência da doença. Este, vale destacar, não é o primeiro papel de um artista de peso interpretado por Loyola: o ator já deu vida a Gugu, Sergio Mallandro, entre outros, em musicais anteriores, com a mesma excelência de sempre.

Mais nomes presentes nesta, que é uma grande homenagem ao artista e ser humano que é Ney Matogrosso, são: Cazuza, Frejat, Rita Lee, entre muitos artistas.

Com direção de Fernanda Chamma e produção da Paris Cultural, “Ney Matogrosso – Homem com H – O Musical” está em cartaz em curta temporada no 033 Rooftop, em São Paulo.

SERVIÇO:
NEY MATOGROSSO – HOMEM COM H

Temporada: 9 de setembro 30 de outubro de 2022

Sessões: sextas-feiras às 20h30, sábados às 15h30 e às 20h30, Domingo 15h30 e 20h.

Duração do espetáculo: 2 h (com 15 minutos de intervalo)

Local: 033 Rooftop (cobertura do Teatro Santander)

Capacidade: 313 lugares

Setores e preços:  Setor VIP R$ 250,00 e Setor 2 R$ 75,00

Classificação indicativa: 16 anos

** Clientes Santander possuem 15% de desconto nas compras no bar do 033 Rooftop

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS 

Internet (com taxa de serviço): https://www.sympla.com.br/

Bilheteria física (sem taxa de serviço):

Atendimento Presencial: Todos os dias 12h às 18h. Em dias de espetáculos, a bilheteria permanece aberta até o início da apresentação.

Autoatendimento: A bilheteria do Teatro Santander possui um totem de autoatendimento para compras de ingressos sem taxa de conveniência 24h por dia.

Formas de pagamento: Dinheiro, Cartão de débito e Cartão de crédito.

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Nicole Gomez
Formada em Rádio e TV, sou uma apaixonada por Teatro Musical e acredito que a Cultura pode mudar vidas.

More in:Teatro