Letras

Letra e tradução: ‘Chango’ – Paulo Londra

Advertisement
Advertisement

[Intro]
Ey

[Refrán]
Sale al asecho (Ah)
Mucho tiempo con hambre lo cambió y ahora nunca andará satisfecho
Ya no siente lo mismo en el pecho, ey
Andaba contento (Ey), pero lo llevaron para el cemento
A pesar de que vivía sufriendo, y ahora se ha vuelto violento
[Estribillo]
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado

[Post-Estribillo]
Ey, solo mírenle, siempre tiene sed, siempre tiene hambre (Ey, ey)
Una bestia sin igual, no sabe qué está mal, no sabe qué está bien
Lo único que él tiene es cicatrice’ por doquier
De la cabeza a pie’, no sé si me entendé’, no es el mismo de ayer, ah

[Verso]
Ahora no confía en más nada
Solamente en su familia, en sus hija’ sagradas
Lo sacaron de la sabana y era el lugar que amaba, oh no
Su mirada es ira y rabia fusionada’ que no se le sana más
Es alérgico a los drama’, él solo lo quiere andar relax
Ya me cansaron los flashe’ (Ah), me persiguen como sombras (Ey)
Es mejor que te escondas (Sí) cuando a nosotro’ nos vean llegar (Ah)

[Interludio]
-gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar (Ah)
-gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar

[Estribillo]
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado (Ey)

Advertisement

[Post-Estribillo]
Ey, solo mírenle, siempre tiene sed, siempre tiene hambre
Una bestia sin igual, no sabe qué está mal, no sabe qué está bien
Lo único que él tiene es cicatrices por doquier
De la cabeza a pie’, no sé si me entendé’, no es el mismo de ayer, ah

[Refrán]
Sale al asecho
Mucho tiempo con hambre lo cambió y ahora nunca andará satisfecho
Ya no siente lo mismo en el pecho, ouh
Andaba contento, pero lo llevaron para el cemento
Sin importar que vivía sufriendo, y ahora se ha vuelto violento

[Estribillo]
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado
Chango, ¿qué le anda pasando? ¿Por qué están asustado’?
Un león está suelto, las cosas han cambiado

[Outro]
Chango
Un león está suelto

Tradução

[Digitar]
Ei

[Ditado]
Ele se esconde (Ah)
Muito tempo com fome o mudou e agora ele nunca ficará satisfeito
Você não sente mais o mesmo em seu peito, ei
Ele estava feliz (Ei), mas eles o levaram para o cimento
Embora ele vivesse sofrendo, e agora ele se tornou violento
[Refrão]
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está à solta, as coisas mudaram
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está à solta, as coisas mudaram

Advertisement

[Pós-Refrão]
Ei, apenas olhe para ele, ele está sempre com sede, ele está sempre com fome (Ei, ei)
Uma fera inigualável, não sei o que está errado, não sei o que é certo
A única coisa que ele tem é uma cicatriz em todos os lugares
Da cabeça aos pés’, não sei se me entendi’, não é o mesmo de ontem, ah

[Versículo]
Agora ele não confia em mais nada
Só em sua família, em suas filhas sagradas
Eles o tiraram da savana e era o lugar que ele amava, oh não
Seu olhar é raiva e raiva mescladas ‘que não está mais curada
Ele é alérgico a dramas, ele só quer relaxar
Estou cansado dos flashes (Ah), eles me perseguem como sombras (Ei)
É melhor que você se esconda (Sim) quando nos virem chegar (Ah)

[Interlúdio]
-gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar (Ah)
-gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar, -gar

[Refrão]
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está à solta, as coisas mudaram
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está solto, as coisas mudaram (Ei)

[Pós-Refrão]
Ei, basta olhar para ele, ele está sempre com sede, ele está sempre com fome
Uma fera inigualável, não sei o que está errado, não sei o que é certo
A única coisa que ele tem são cicatrizes em todos os lugares
Da cabeça aos pés’, não sei se me entendi’, não é o mesmo de ontem, ah

[Ditado]
sai à espreita
Muito tempo com fome o mudou e agora ele nunca ficará satisfeito
Já não sente o mesmo no peito, ouh
Ele estava feliz, mas eles o levaram para o cimento
Não importa que ele viveu sofrendo, e agora ele se tornou violento

[Refrão]
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está à solta, as coisas mudaram
Chango, o que está acontecendo com ele? Por que eles estão com medo?
Um leão está à solta, as coisas mudaram

[Outro]
macaco
um leão está solto

Advertisement
Advertisement

More in:Letras