Música

Haikaiss lança clipe de ‘Supersticiosa’ em parceria com Ferrugem

Pedro Qualy, SPVic e Spinardi posam ao lado de Ferrugem nos bastidores do clipe de “Supersticiosa” – Crédito: Caue Tarnowski

Nesta quarta (23) o Haikaiss lançou o clipe de “Supersticiosa”, que conta com a participação de Ferrugem e faz parte do mais recente álbum do grupo “Aquário”.

A faixa, que aborda a importância dos relacionamentos construídos com pessoas especiais ao longo da vida, apresenta uma pegada mais leve e próxima do pop romântico. A música ganhou um videoclipe à altura de sua sonoridade, no qual essa sensibilidade é reforçada com a presença das esposas e filhas dos rappers Pedro Qualy, SPVic e Spinardi nas cenas.

Eu acho que essa música tem um sentido de amadurecimento do Haikaiss, é uma coisa muito diferente. Os nossos sucessos sempre muito rápidos, sempre em alta velocidade, e às vezes a gente tem que pôr o pé no freio. E essa música traz isso, inclusive na batida, que é mais leve. Acho até que é a mais lenta que a gente rimou até hoje. Então a gente trouxe esse sentido, de que as vezes a gente quer dar uma freada nessa vida incansável, louca e rápida“, explica Qualy sobre a natureza de “Supersticiosa”. “A gente tomou a decisão de trazer nossas esposas e filhas pra essa produção porque foram elas que botaram a gente no eixo, foram elas que fizeram a gente ter esse pensamento de querer dar uma acalmada“, conclui ele.

O registro audiovisual, que tem produção de Naio Rezende, conta também com imagens de arquivo das famílias dos integrantes do Haikaiss, que mostram momentos dos artistas no contexto familiar, em contraste às suas vivências na rua, com uma atmosfera próxima do “documental”. A gravação começa com as famílias reunidas para assistirem a esses momentos históricos em uma casa, com um clima de encontro entre amigos, e se desenrola com mastershots do grupo ao lado de Ferrugem, que foram filmados em um galpão.

Segundo os rappers, a escolha de Ferrugem como participação especial no clipe na música e no clipe se deu de forma muito natural e com base em admiração mútua. “A gente já o conhecia musicalmente, já éramos fãs do Ferrugem. Aí eu o encontrei pessoalmente nos bastidores de um programa de TV, nos conhecemos, tiramos fotos, conversamos e rolou a ideia de fazermos uma música juntos. Depois nos encontramos de novo em um aeroporto e retomamos a ideia. Desde então começamos essa troca de figurinhas e a música se realizou“, conta Spvic.

More in:Música