Música

Lançamentos desta sexta tem Priscila Alcântara, PK, DJ Zullu, Iggy Azalea, Daya Luz e muito mais!

Iggy Azalea

Faltando uma semana para o lançamento do álbum “The End Of An Era”, Iggy Azalea liberou a faixa “Sex on the Beach”, uma das tracks do projeto. O novo single é uma parceria com a cantora Sophia Scott.

DJ Zullu

Nesta sexta-feira (06/08) o compositor, cantor e produtor DJ Zullu lança seu novo single: “Visão”, em parceria com L7nnon e Leo do Kick. Com influência, desde os figurinos até a presença de um coral gospel, em grupos de black music, pop e gospel dos anos 80 e 90, como Boys II Men e The Jacksons, o clipe da faixa foi gravado no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro.

Priscilla Alcântara

Priscilla Alcântara resolveu dar um tempo da música gospel e deu início esta semana a sua “era pop”. A cantora liberou o single “Tem Dias”, faixa composta em parceria com Lucas Silveira e Karen Jonz.

Tinashe

Depois de liberar as faixas “Pasadena” e “Bouncin”, Tinashe finalmente liberou hoje (6) o álbum “333”. O disco contará com uma turnê de divulgação pelos Estados Unidos, e já com todos os ingressos esgotados.

“A vibração geral do novo projeto, sonoramente, tem muito alcance. A maioria das músicas tem muito ritmo, todas elas parecem empolgantes e enérgicas. Esse foi um tema real para mim durante todo o projeto, apenas manter o ritmo e coisas que as pessoas possam dançar”, disse Tinashe, em entrevista ao ET Online.

PK

Com a promessa de virar mais um hit e explodir nos já conhecidos challenges do Tik Tok, o single “Mundo dá Voltas”, é o novo single de PK, uma parceria com MC Pedrinho e DJ 900. A composição de “Mundo dá Voltas” é uma criação própria do cantor, um funk com batida irreverente e inovadora. “Relembrando uma fala do incrível Cazuza, sobre ‘o futuro refletir o passado’, o ritmo voltou a ser mais lento como o funk antigo, a bateria é mais leve e aguda, um novo tipo de bateria em ascensão”, explica o trapper sobre a ideia do single.

Mc Mari, Pepita e JS Mão de Ouro

A nova música de trabalho da rainha do brega funk, Mc Mari chega nesta sexta-feira (06) e promete não deixar ninguém parado. A faixa que é um feat com a artista trans Pepita e JS Mão de Ouro, vem acompanhada de um videoclipe que dará uma volta ao mundo, com a ajuda do chroma key.

“Com o clipe de ‘Taca a Bunda’ nós vamos dar a volta ao mundo levando nossa alegria. Nós vamos aparecer dançando em sete locais diferentes do planeta para passar uma mensagem de empoderamento: ninguém nos controla, homem nem mulher. Somos donas do nosso próprio corpo”, explica MC Mari.

Bivolt e Gloria Groove

Bivolt, um dos principais nomes da música urbana atual, apresenta sua primeira parceria com a diva do pop Gloria Groove! Juntas, elas lançam pela Som Livre nesta sexta-feira (06) o single inédito “Pimenta”, que chega também com videoclipe no YouTube. Gravado em uma mansão nos Jardins, em São Paulo, o audiovisual alterna momentos mais descontraídos e estética girly com outros nos quais as duas artistas estão em figurinos luxuosos e esbanjando sensualidade. Com referências dos anos 2000, a atmosfera do filme evoca uma girl party no estilo ostentação e, claro, traz as mulheres como protagonistas e em posição de poder. Com direito a cenas em banheira de espuma, muitas joias e com o elenco feminino sendo servido por garçons vestidos somente de toalha, o videoclipe prioriza uma paleta em candy colors e apresenta Bivolt e Gloria Groove em looks icônicos, como um sexy country em tons neon e laces coloridas, e outro mais glamouroso e repleto de brilhos, no melhor estilo “diamonds are a girl’s best friend”.

Daya Luz, Solange Almeida e Rebecca

Daya Luz lança hoje (6) o single “Até o Piso”, com participação das cantoras Solange Almeida e MC Rebecca. “Essa música tem uma sonoridade muito diferente. É uma faixa com três mulheres muito fortes. Então espere muita sensualidade’, disse Daya em coletiva de imprensa horas antes do lançamento.

Edi Rock e MC Sombra

O rapper Edi Rock lançou nesta quarta-feira (04) o clipe da faixa “Paranoia”. A track é fruto de um feat com MC Sombra e faz parte do último álbum do artista, “Origens Parte 2 – Ontem, Hoje e Amanhã”, lançado pela Som Livre em outubro de 2020. Um dos precursores da cena hip hop nacional, o artista inovou no audiovisual ao apresentar o clipe em uma pegada mais dark, seguindo a proposta do título da canção, e utilizando um mix de cenas suas em vídeo com elementos de animação. A gravação aconteceu no estúdio da Casa Locomotiva, que também assina a criação e realização do clipe, feita em parceria com a Toca Hub. Encarnando elementos do submundo a que Edi se refere na letra, cobras, lobos ferozes, porcos endinheirados e outras figuras que rodeiam o artista estão presentes no vídeo por meio de animação, sempre com olhos vidrados, maximizando o clima de “Paranoia”.

Felp 22

O cantor e trapper Felp 22 liberou, nesta quinta-feira (5), o seu novo single “Marginais Trap #2”, já com videoclipe. A música faz parte do projeto Marginal Trap da Marginal Supply, marca de roupas criada pelo artista. Para o lançamento, Felp convidou os artistas Flacko, Sueth e Bruxo 021, que fazem parte da cena do trap do carioca. Esse é o primeiro lançamento de Felp 22 desde o lançamento de “Melhor Momento”, álbum que já ultrapassa a marca de 2.5 milhões de views no canal do YouTube do cantor, com 17 faixas inéditas.

Lary

A cantora niteroiense Lary lança nesta sexta-feira (06), o seu primeiro álbum de estúdio, “Só o que eu tô a fim”. Com 10 faixas totalmente autorais e colaborações de peso, como Gabriel O Pensador, Clau, LK 3030, Lourena e Chris MC, ela promete mostrar sua sonoridade e personalidade musical, que passeia entre o Pop, o Rap e o R&B. Como single principal, vem a track “Slow” que ganhou também um videoclipe cheio de atitude e dança.

“É uma grande conquista pra mim. O meio da música envolve muitas expectativas e frustrações, e é preciso trabalhar isso o tempo todo na nossa cabeça para que tudo continue fluindo. Ser mulher nesse contexto é ainda mais difícil. O tempo inteiro precisamos estar provando a nossa capacidade de conquistar o que queremos. O tempo inteiro estamos sendo assediadas. Não temos o mesmo espaço que os homens, nem o mesmo reconhecimento. É uma luta diária que envolve muita cobrança, interna e externa. E “Só o que eu tô a fim” é a forma de mostrar pro mundo parte do meu sonho. É minha maneira de tocar as pessoas com tudo o que aprendi durante a minha vida”, conta Lary sobre o projeto.

Illy e Adriana Calcanhotto

O violão de Cézar Mendes dá o tom inicial para o encontro das vozes de Illy Adriana Calcanhotto na versão acústica de “O que me cabe”. O single chega nesta quinta-feira (5) através da parceria dos selos Alá e Xirê com distribuição da Altafonte e traz umaleitura intimista da faixa-título do terceiro álbum de estúdio da cantora baiana.

Madu

A intimidade de Madu com a obra de Tom Zé contraria todas as teorias de que escutar o artista é difícil. Talvez seja para ‘iniciados’… E, se é para iniciados, Madu é veterano. Depois de seu último álbum, Dharma, que tem duas obras de Tom Zé, Madu resolveu colocar uma lupa mais profunda e potente em cinco outras canções, com participações valiosas de Elisa Gudin e Daíra. O álbum ‘Estudando Tom Zé’ chega às plataformas digitais no dia 05 de agosto, de forma independente.

A ponte entre Madu e Tom Zé se deu pelo produtor Guilherme Gê, ainda durante as gravações de Dharma, que abriga Tô, com participação de Paulinho Moska, e Vai (Menina amanhã de manhã), com a companhia primorosa do próprio autor. ‘O Gê fez o convite oficial a ele de participar conosco de Dharma e o resultado foi a participação em Vai. A partir daí, resolvi mergulhar mais fundo na obra do Tom Zé, que é genial e extremamente vanguarda. Quero jogar ainda mais luz a partir de um novo olhar sobre ele’, conta Madu.

‘Estudando Tom Zé’ reúne cinco faixas, com produção, arranjos e instrumentação de Guilherme Gê. Tendo ‘Sandália’, uma canção de outros tempos (anos 50), quando o chão era terra batida e o que se calçava eram sandálias. ‘O nome dela era Dalma. Eu fiz a canção para ela. Tentei tocar, cantar não consegui. A voz não saía… Eu teorizava, afinava o violão e… não saía. Dalma foi ficando nervosa. Fui para casa com o fracasso na mão’, conta Tom Zé.

Preta Gil e Fran

Em momentos delicados, precisamos sempre recorrer ao afeto e à família para ressurgirmos ainda mais fortes: esse é o conceito do novo single de Preta Gil e seu filho Fran, “Meu Xodó”. Com faixa e clipe lançados hoje, dois dias antes do aniversário de 47 anos de Preta, a faixa fala sobre reconexão, reencontro às raízes e já pode ser ouvido em todas as plataformas digitais. O clipe, que traz participações especiais do pai de Preta, Gilberto Gil, da neta Sol de Maria Gil e do marido, Rodrigo Godoy, já está disponível no canal do Youtube da Blacktape, selo da cantora.

Clean Bandit

Black Eyed Peas feat. Saweetie e Lele Pons

A faixa se move em uma linha de baixo espessa e batida constante enquanto o Black Eyed Peas troca de gêneros com versos herméticos pontuados por seus compassos característicos, inteligentes e notáveis. Lele Pons aquece tudo com uma participação especial bilíngue e o comando, “Baby, let’s go one more time”, antes de Saweetie praticamente congelar os 808 com rimas atrevidas e cruas de sua autoria.

MC Dricka com Gaab e MC Pedrinho

A proposta do projeto é reforçar a imagem da Rainha dos Fluxos como uma figura diversa e empoderada entre os estilos do funk. “Mundo Pequeno” é um trap funk, quase uma love song, que traz a temática de um amor bandido e uma paixão arrebatadora. A faixa extrai o melhor de cada artista: as melodias de Gaab e as rimas de Pedrinho e Dricka.

Dennis e Gusttavo Lima

Valesca Popozuda

Advertisement

More in:Música