LançamentoMúsicaProdutora OA

Júnior lança “Solo Vol. 2” e surpreende

Continua após a publicidade..

Júnior lançou na semana passada a segunda parte de seu álbum, “Solo Vol. 2” chega sete meses depois do lançamento do primeiro volume, que despertou o interesse do público de música pop. O cantor, que foi um fenômeno quando ainda era uma criança conquistou multidões ao lado de sua irmã Sandy. Hoje, ele busca e consegue seu público de volta, ao retornar as raízes. “Acho que esse volume 2 ajuda a revelar um pouco mais sobre mim, sobre o meu trabalho, sobre quem eu sou hoje em dia como artista. Acho que ele amplifica mais o volume 1.”, diz Júnior.

Continua após a publicidade..

O pop faz todos lembrarem quem um dia foi, Júnior, bem mais maduro mostra que sabe o que está fazendo em um álbum coeso com diversas influências como Lenny Kravitz. Em “Cena de Filme”, essa influência fica clara.

Continua após a publicidade..

O álbum tem 13 faixas, com letras reflexivas que são um verdadeiro desabafo do cantor. O que chama grande atenção também é a participação de Glória Groove na faixa “Fome”, que
expressa o apetite criativo envolvido no projeto. “Fiz o convite pessoalmente pra ela. É uma artista
que admiro e acho foda. Tinha que ser o único feat do disco”, conta Junior. “Eu sempre senti que tinha muito a ver com ela, assim, eu acompanho também o trabalho dela, meio, né, daqui de longe, assim como eu acompanho uma galera. Eu vejo um pouco do cenário nacional e tal, eu sempre tive atento ao talento dentro dela, sei o quanto canta muito, compõe, escreve, tipo, também tem uma parada muito plural, assim, da maneira de fazer música e gêneros. Ela também é bastante eclética no estilo e tudo mais, e então rola essa identificação. E aí a gente se encontrou num trabalho, nos bastidores de um programa de televisão, e aí eu fiz o convite pessoalmente, e aí mandei a música, ela adorou, enfim, aí foi a questão de arrumar uma data compatível da minha agenda e da dela, pra gente se juntar no estúdio e finalizar a música.”, conta ele. Glória escreveu a própria parte da letra, que inclui também um rap, ambientado em um momento de batida eletrônica Jersey, em meio a climas variados. É diversidade de qualidade.

Advertisement
[smart_post_show id="61047"]

Com muita personalidade e diferente de tudo o que já fez, Júnior mostrou muita maturidade musical e parece saber exatamente o que quer mostrar para seu público. O cantor mostra que sabe sobre exatamente o que quer falar. Suas músicas soam como um desabafo e uma libertação sobre uma carreira gigante que precisava ser retomada com força total.

Advertisement
Advertisement

More in:Lançamento