Famosos

Paulo Cupertino: Delegado diz que criminoso negou matar Rafael Miguel e riu

Na tarde desta segunda (16), após quase três anos foragido, Paulo Cupertino foi preso em São Paulo pela acusação de matar o ator Rafael Miguel e os pais do artista em julho de 2019, por não aceitar o namoro com a sua filha.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Osvaldo Nico Gonçalves, Paulo negou negou que tenha matado Rafael e ainda riu quando se encaminhava para a delegacia.

Ainda na coletiva, as autoridades falaram que Paulo Cupertino se manteve em um hotel com a ajuda financeira de amigos.

Advertisement

More in:Famosos