Televisão

Brasil é indicado a sete categorias no Emmy Internacional; Globo em três e Record em uma com Gugu

Foi anunciado na manhã desta quinta (24) os indicados ao Emmy Internacional 2020, a maior premiação de TV do mundo. O Brasil se destacou sendo indicado a sete categorias ao todo, sendo a Globo nomeada a três e a Fox, Netflix, HBO e Record com uma cada.

A Globo foi indicada em uma categoria que é sempre nomeada, a de “Melhor Novela” com “Órfãos da Terra”. A trama de Duca Rashid e Thelma Guedes foi exibida no ano passado já faturou dois prêmios: o Rose D’Or Awards, na categoria “Serial Drama” e o Grand Prize na 15ª edição do Seoul Drama Awards, a premiação mais importante do continente asiático. Sua história gira em torno do amor impossível entre Jamil (Renato Góes) e Laila (Julia Dalávia), dois sírios que precisam deixar sua terra natal e partem para o Brasil com o desejo de reconstruírem suas vidas. Porém, a vida do casal era sempre atrapalhada por Sheik Aziz Abdallah (Herson Capri) e por sua filha Dalila (Alice Wegmann). A trama ainda teve como pano de fundo o drama dos refugiados sírios.

As outras categorias que a emissora dos Marinhos foram indicadas são “Melhor Minissérie” com “Elis – Viver é melhor que sonhar”, que mostra a história de Elis Regina (interpretada pela Andréia Horta) e a de “Melhor Atriz” com Andrea Beltrão pela sua interpretação de Hebe Camargo em “Hebe”, série sobre a vida da artista.

“Eu fico muito feliz por mim e por todas as pessoas envolvidas nesse trabalho: a autora Carolina Kotscho, o diretor Maurício Fatias, toda a equipe e todo o elenco. Como um grande maestro que sempre foi, Maurício deu liberdade para todos trazerem suas ideias e soube aproveitar tudo e criar a linguagem que ele imaginou para a série. Essa indicação, esse reconhecimento, é de todos nós. Estou na linha de frente representando o trabalho de muitos” – disse Andrea ao ser nomeada por “Hebe”.

Além da maior emissora do país, outras emissoras e a Netflix conseguiram nomeações por suas produções. “Impuros” da Fox foi representado na categoria “Melhor Ator” com Raphael Logan. O documentário “Refavela 40” que fala sobre o disco homônimo de Gilberto Gil rendeu a HBO uma nomeação na categoria “Melhor Programa de Arte”.

A Netflix teve uma nomeação com a série “Ninguém Tá Olhando”, protagonizada por Victor Lamoglia e Kéfera Buchmann e que acompanha um anjo que infringe as regras ao se relacionar com uma humana. A produção foi cancelada com apenas uma temporada.

A Record TV teve a sua primeira nomeação ao Emmy Internacional em sua história na categoria “Entretenimento Não Roteirizado”, com o reality “Canta Comigo”. O programa foi o último a ser apresentado por Gugu Liberato, que faleceu durante a exibição da temporada em novembro do ano passado. Porém, sua exibição não foi afetada devido ao reality já ter ido ao ar com a sua temporada toda gravada antecipadamente.

Confira a lista completa dos indicados.

Melhor Programa de Arte
Jake and Charice – Japão
Refavela 40 – Brasil
Vertige de la chute (Ressaca) – França
Why do we dance? – Reino Unido

Melhor Ator
Billy Barratt em Responsible child – Reino Unido
Guido Caprino em 1994 – Itália
Raphael Logam em Impuros – Brasil
Arjun Mathur em Made in heaven – Índia

Melhor Atriz
Emma Bading em Play – Alemanha
Andrea Beltrão em Hebe – Brasil
Glenda Jackson em Elizabeth is missing – Reino Unido
Yeo Yann Yann em Invisible stories – Singapura

Novela
Chen Xi Yuan (Love and destiny) – China
Na corda bamba – Portugal
Órfãos da Terra – Brasil
Pequeña Victoria – Argentina

Comédia
Back to life – Reino Unido
Fifty – Israel
Four more shots please – Índia
Ninguém tá olhando – Brasil

Filme para TV / Minissérie
L’Effondrement (The collapse) – França
Elis – Viver é melhor que sonhar – Brasil
The Festival of the Little Gods – Japão
Responsible child – Reino Unido

Entretenimento não roteirizado
Canta comigo – Brasil
Folkeopplysningen – Noruega (The Public Enlightenment)
MasterChef Tailândia – Tailândia
Old People’s Home for 4 Year Olds – Austrália

Advertisement

More in:Televisão