Cidade

Morre o ex-vereador Jerominho após alvejado por tiros de fuzil

Na tarde desta quinta (04) morreu o ex-vereador Jerominho, após ter sido alvejado por dois tiros de fuzil em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo advogado do político.

O político foi atingido na perna e no abdômen e levado para o Hospital Oeste D’Or. Já o o cunhado, que também foi atingido, deu entrada no Hospital Rocha Faria, com quadro estável.

Jerominho chegou a ser preso no começo deste ano por um crime de 2005 e solto pouco depois. A defesa disse que se tratava de uma prisão ilegal, uma vez que a pena já havia sido cumprida. O político ainda anunciou que pretendia voltar a se candidatar este ano, desta vez a deputado federal.

Ele também é apontado como um dos fundadores da milícia que atua na Zona Oeste da capital e foi um dos 227 indiciados na CPI das Milícias, que chegou ao fim na Alerj em 2008.

Advertisement
Advertisement
Advertisement

More in:Cidade