CinemaCrítica

Crítica – “Luta Por Justiça” mostra a injustiça do sistema penitenciário dos Estados Unidos

“Luta Por Justiça” é um daqueles filmes que tem tudo para ser um sucesso com a história reflexiva. Para quem não está por dentro, o filme conta a história de Bryan Stevenson (Michael B. Jordan), um advogado formado em Harvard e que luta por tirar presos que podem ser inocentes do corredor da morte em Alabama.

Com isso, o advogado escolhe o caso Walter McMillian (Jamie Foxx), acusado injustamente de assassinar uma jovem de 18 anos e sentenciado a morte. Por ser inspirado em uma história real não há ir além do que aconteceu, mas ao final consegue transmitir um excelente resultado: a crítica ao sistema carcerário dos Estados Unidos e o preconceito racial que há no país.

Inclusive, já digo aqui que quem assistir o longa deverá ter muito fôlego para aguentar o que é mostrado. Aliás, o roteiro de Destin Cretton e Andrew Lanham consegue cativar muito bem neste quesito.

A dramaticidade composta nele consegue se encaixar aos fatos que aconteceram nos anos 80. O detalhamento para provar a inocência de Walter consegue trazer muita emoção e mostrar a falha que há no sistema de justiça dos Estados Unidos. Apesar de ser longo em certas partes (como no momento da pesquisa do advogado), é necessário que haja esse detalhamento para a reflexão.

As atuações de também estão excelentes e se encaixaram perfeitamente com o longa. Todos conseguem expressar e passar o drama presente nos absurdos que aconteceram nesse caso.

More in:Cinema