Música

Marília Mendonça lança faixa ‘Rosa Embriagada’; confira a letra e venha na sofrência

Nesta sexta (30) a Marília Mendonça lançou o single e o clipe de “Rosa Embriagada”, no qual reforça o seu match com a sofrência.

“Em um dia comum de composições, meu parceiro Tchula me buscou em casa e como várias vezes aconteceu, não tínhamos um tema, uma melodia ou assunto pra falar naquele dia… a gente tava sempre esperando cair do céu… Nesse dia, a mãe dele tinha passado por lá e arrumado o barraco, que a gente só bagunçava. Sempre caprichosa, deixava tudo tão cheiroso e organizado, que eu ficava admirada. Eu estava dedilhando o violão e o Tchula com o bloco de notas aberto, tentando escrever coisas aleatórias… E de repente, um vaso de madeira que tinha o formato de uma garrafa de cerveja, com uma flor e uma frase sussurrada: ´uma rosa tão bonita dentro de uma garrafa´… bastou isso para que a inspiração viesse… me lembro da euforia quando terminamos, uma das nossas composições preferidas, que tem tanta história, que ela por si só não se traduz” disse a cantora sobre o processo de composição da faixa.

A arte de “Rosa Embriagada” ganhou referência floral da obra ´Amaryllis´, de Piet Mondrian, criada em 1910. Neste novo projeto, com exceção de “Deprê”, as capas de todas as faixas têm inspiração em pinturas de artistas famosos, que hoje são de domínio público. O single “Foi Por Conveniência” retratou em sua capa ´Nighthawks´, do artista norte-americano Edward Hopper, pintada em 1942. Já a arte de “Troca de Calçada” veio de um clássico de Vincent Van Gogh, ´O Terraço do Café à Noite´, de 1888.

Lembrando que no dia 15 de maio, a cantora irá realizar a sua primeira live do ano. Confira abaixo o vídeo e a letra.

Uma rosa tão bonita dentro de uma garrafa

Que morreu embriagada, sozinha na madrugada

Era moça de família, meu amor da adolescência

A mulher que eu queria da mais pura inocência

Hoje ela é mais uma entre tantas por aí

Que procura na bebida, um motivo pra sorrir

Trocou a felicidade, pelas falsas amizades

Parece que só agora caiu na realidade

E hoje ela bebe mais um gole

Sentada na calçada da minha casa

Menina que era tão delicada

Todos a chamam Rosa Embriagada

Hoje ela bate meu portão

Chorando com a maquiagem borrada

Cansada dessa vida bagunçada

Implora pra ter meu amor de volta

Hoje ela é mais uma entre tantas por aí

Que procura na bebida um motivo pra sorrir

Trocou a felicidade pelas falsas amizades

Parece que só agora caiu na realidade

Hoje ela bebe mais um gole

Sentada na calçada da minha casa

Menina que era tão delicada

Todos a chamam Rosa Embriagada

Hoje ela bate meu portão

Chorando com a maquiagem borrada

Cansada dessa vida bagunçada

Implora pra ter meu amor de volta

More in:Música