Cinema

Crítica – “Ela Disse, Ele Disse” tem amadurecimento do universo da Thalita Rebolças e traz boas risadas

Hoje chega aos cinemas mais uma adaptação de um livro da Talita Rebolças “Ela Disse, Ele Disse”, que tem a Duda Matte, Maísa e Fernanda Gentil como destaque em seu elenco. E o OA já viu e conta agora tudo o que achou.

O filme conta a história de Rosa (Duda Matte), que muda de escola e passa por todo aquele processo de adaptação, porém, o que a filha da Paloma (Fernanda Gentil) era se apaixonar pelo Léo (Marcus Bessa) e ainda ter que enfrentar a Julia (Maísa Silva).

Se pararmos para analisar o universo da Thalita Rebouças (que inclusive dá uma de Stan Lee e aparece no filme atuando), o filme não traz nenhuma novidade em relação aos dilemas adolescentes contados, ficando no clichê do ‘meu primeiro amor’, porém, o filme é bem construído e traz muitos momentos cômicos, aqueles típicos de filmes teen, alguns até nos fazem relembrar deste período da adolescência. A ideia de mostrar, mesmo que seja de forma cômica, a negligência da escola em relação ao bullying e a diversidade também é um ponto alto do filme. Mesmo que se passe em uma escola destinada aos alunos de classe alta, tratar deste tema é uma abertura ao diálogo de ‘o que fazer quando a escola vira um monstro na vida do aluno?’

Falando em classe social, fica o questionamento de sempre a Thalita optar pela sua história teen ser sempre ambienta em lugares de classe A e B. Uma diferenciada da história de trazer o seu mundo teen a uma realidade de outras classes sociais poderia valer a pena. Por mais que o filme não tenha o compromisso de estar fiel com a realidade, um olhar diferente para sua obra seria um desafio bom.

Em relação ao casal protagonista, Roda e Léo tem bastante química e conseguem transmitir com que o espectador torça pelo amor (ou shipp, melhor dizendo) do casal. A ideia de mostrar cada hora uma visão do personagem em relação a situação também é um ponto forte do filme. Porém o momento que dá a sensação de surpresa no longa é a sexualização da Maísa. Isso mesmo, há takes fechados nos seios da apresentadora do SBT.

Maísa é Júlia, a garota mais popular da escola

Em geral, se você quiser ver um filme de comédia e relembrar os tempos de amor da adolescência, “Ela Disse, Ele Disse” cumpre muito bem esta missão. Já ficamos no aguardo de mais uma adaptação da obra da Thalita.

More in:Cinema