EntrevistaMúsica

Entrevista – Melim fala sobre como nasceu a ideia de “Eu Feat. Você”, o novo álbum do trio

De Niterói para Califórnia: é assim que pode ser relacionado a banda Melim, que no último mês lançou o seu mais álbum “Eu Feat. Você”, produzido nos estúdios da Capital Records em Los Angeles, nos Estados Unidos, dias antes da pandemia do coronavírus chegar ao país. Por lá já passaram nomes como Katy Perry, Coldplay, Beatles.

Com oito faixas que misturam a pegada pop e indie, a primeira ser escolhida como single foi justamente a faixa que dá nome ao título, que para o trio, é um cartão de visitas primoroso e há uma ligação forte dos irmãos com ela.

“Eu Feat. Você” ainda tem parcerias com Rael, Saulo e Lulu Santos, que inclusive foi feita após Gabi ficar “De Repente Califórnia” no estúdio. Uma coincidência que acabou dando certo para a faixa “Cabelo de Anjo”, feita em homenagem a filha do Diego Melim.

OA – Como surgiu a ideia do álbum?

Rodrigo: “Em dezembro do ano passado, surgiu o convite para gravarmos no Capitol Records e na hora a gente surtou. É um estúdio que realmente tem uma grande importância, uma grande história. Sempre que terminamos de lançar um álbum, nós começamos a querer fazer novas músicas. Então, foi o momento certo de gravar, quando o convite chegou.”

Foto: Thiago Calvino

OA – A música título foi a escolhida para ser a primeira a ser lançada como single. Há algum motivo especial para a escolha?

Gabi: Essa música é uma composição minha com o Rodrigo e o Diogo. Particularmente, os meninos têm uma ligação muito forte com ela, porque é a música mais pop que já produzimos até hoje. Ela veio realmente para abrir essa segunda etapa, essa segunda fase com uma parada totalmente diferente. Parecida com as demais no sentido da linguagem, mas no sentido do arranjo e de produção, ela é mais amadurecida. Outra coisa interessante é que no nosso primeiro trabalho, não tivemos nenhuma participação, nesse temos três, então é legal o home ser “Eu Feat”.

OA – Dentre as canções, tem alguma mais especial? (Ex: inspirada em algum acontecimento marcante, viagem, entre outros)

Diogo: Todas as músicas são muito especiais pra gente. Mas tem algumas curiosidades sobre algumas delas. “Menina de Rua”, por exemplo, conta um pouco do que eu passei um dia que não estava muito bem e conheci uma garotinha no sinal. Eu estava dentro do carro e senti uma inspiração depois de conhece-la. Apesar das condições dela, tava super alto astral, sorridente e isso mexeu comigo. Não glamurizando ela estar na rua, mas o fato dela ter uma leveza e ter tocado o meu coração. Já “Cabelo de Anjo” foi feita em homenagem à minha filha.

OA – O EP ainda conta com as participações de Saulo e Lulu Santos. Como rolou esse encontro? 

Rodrigo: “Com o Lulu foram várias coisas ao mesmo tempo. Como a gente estava gravando em Los Angeles, Gabi ficava cantando toda hora “De Repente Califórnia”, a música ficou na cabeça. Ao mesmo tempo, Gabi postou um vídeo cantando um música dele, ele respondeu e repostou. Depois disso, pensamos: será que o Lulu toparia fazer uma parada com a gente/ Mandamos a música para ele e foi um marco na nossa carreira ele topar.

Com o Saulo a gente já tinha feito alguns shows juntos e descobrimos que ele é tudo aquilo que as pessoas falam sobre ele. Super do bem, humilde, leve. Ele tinha que estar nesse trabalho.

E teve o Rael também. A gente já tinha convidado ele para gravar “Relax” e ele nos convidou para fazer uma canção no disco dele, “Só Ficou o Cheiro”. A vibe das duas é muito parecida.”

OA – O que podemos esperar da segunda parte do álbum?

Rodrigo: Surpresa!

OA – Quais são os planos futuros?

Gabi: Vamos aguardar tudo isso acabar para planejar a nova turnê. Queremos levar as músicas novas para todo mundo.

More in:Entrevista