Música

Laila Garin e a ROda se apresentam no Teatro Municipal de Niterói

A banda formada pela atriz e cantora Laila Garin (voz) e pelos músicos Ricco Viana (guitarra e violão), Rick De La Torre (bateria) e Marcelo Müller (baixo) fez um show de pouco mais de uma hora no Teatro Municipal de Niterói, suficiente para encantar o público presente. No seu repertório estava canções inesquecíveis como Miséria no Japão (de Ney Matogrosso), O Meu Guri (de Chico Buarque) e As Curvas da Estrada de Santos (de Erasmo Carlos e Roberto Carlos).

Destaque para dois momentos: o primeiro quando a banda faz um setlist contínuo em homenagem a Elis Regina, que contou até com a Laila fazendo os trejeitos que a cantora fazia durante as apresentações de suas canções, digno de como se tivesse assistindo a própria pimentinha no palco durante o programa Fino da Bossa (que foi um programa de TV exibido pela Record TV nos anos 60 e contava com a apresentação da mãe da Maria Rita e Jair Rodrigues). Antes de começar, Laila fala a plateia que Elis é a sua grande inspiração na música (excelente referência, diga-se de passagem).

Laila Garin durante o show

O segundo é quando a banda canta a versão traduzida de Ne Me Quitte Pas (de Jacques Brel e que fez bastante sucesso no Brasil na voz de Maysa). A versão traduzida da canção foi um presente da Adriana Falcão, que manteve a mesma emoção da versão original e com direito a Laila fazendo as mesmas caras e bocas da mãe do Jayme Monjardim.

Além repertório de clássicas, Laila Garin e a Roda apresentou canções de novos compositores, como foi o caso de Sonhos Pintados de Azul, escrita por Dani Black (filho da cantora Tetê Espíndola).

É um show que vale muito a pena ser assistido!

More in:Música