Crítica

Crítica – ‘Vale Dos Desconhecidos’ faz com que você se sinta dentro da história

Advertisement
Advertisement

Se você gosta de séries com aventura, ação e muito mistério, “Vale dos Esquecidos”, primeira série brasileira de suspense da HBO, é a adição ideal para sua lista de maratonas. Os episódios, que serão 10 no total, levam os expectadores à embarcar em uma aventura com um gupo de amigos que decidem fazer uma caminhada. Mas essa atividade pode os trazer desvantagens que eles nem imaginavam.

O cenário focado inicialmente é uma floresta, onde eles caminham juntos. Lá, eles se deparam com esse túnel desconhecido, e mesmo um pouco hesitantes no início, decidem entrar e passar por ele. Ao longo dos episódios, é possível perceber que essa não foi a melhor das ideias, pois os amigos se encontram, ou melhor, se vêem perdidos nesse lugar misterioso e macabro chamado “Vale Sereno”. Mas será que o nome do lugar é auto explicativo?

O grupo visitante descobre que não, porque o lugar tem uma energia desconhecida, que os deixa desconfortáveis e também habitantes diferenciados, considerados até esquisitos.

Os amigos começam a tentar achar maneiras de sair desse lugar, o que é extremamente complicado porque com o passar dos minutos assistindo, descobrimos juntos com os personagens que o Vale Sereno não tem localização, não está nem no mapa. E também não tem tempo, os relógios estão parados. A questão é se esse lugar é apenas estranho ou também mágico, ou mesmo sobrenatural. E por quê a presença desses jovens é importante ali.

Advertisement

A mágica dessa série é fazer com que quem assiste se sinta nessa aventura junto dos personagens, principalmente dos amigos. O jogo de câmeras faz com que o público se sinta dentro dos episódios vivendo esse mistério e apreciando a dinâmica entre as personalidades que compõem os episódios.

Advertisement

Ao ver a série, é possível perceber algumas inspirações de outras obras, o que é muito legal. O ambiente, a narrativa e a dinâmica de filmagem me fez lembrar do clássico “A Bruxa de Blair”. E esse tópico de inspirações, especialmente no gênero suspense/terror, é confirmado com uma fala de um dos diretores durante uma coletiva de imprensa. “O [filme] Hereditário tem um clima muito interessante, e inspirou muito o filmar em tempo de suspense”, diz Daniel Lieff.

“Vale dos Esquecidos” foi filmada no interior de São Paulo, dirigida por Fabinho Mendonça e Daniel Lieff. Conta também com um elenco talentoso e composto de alguns rostos já conhecidos. Entre eles estão os atores Caroline Abras, Daniel Rocha, James Turpin, Felipe Velozo, Jiddu Pinheiro, Julia lanina, Juliana Lourenção, entre outros.

A série será lançada amanhã (25) plataforma HBO Max. Vale dos Esquecidos é interessante, intensa e envolvente. 

Advertisement
Advertisement

More in:Crítica