EntrevistaTeatro

Entrevista: João Hespanholeto

João Hespanholeto é ator e, atualmente, integra o elenco do musical Naked Boys Singing!, onde interpreta, entre outros personagens, o “Diarista Nu”, vencedor da primeira edição do Prêmio OA, como melhor personagem de Espetáculo Musical. Conversamos com o artista sobre sua carreira, seu papel na produção, entre outros assuntos. Confira!

Oniverso Abominável: Qual você considera que foi a sua maior dificuldade no processo de encenação de um personagem tão divertido quanto o “Diarista Nu”, e ao mesmo tempo, lidar com a nudez em cena? 

João Hespanholeto: Foi trazer as piadas para o tempo atual que estamos vivendo, sem fazer uma “franquia” do espetáculo da Broadway, e também como seria  maximizar a minha personalidade em cima do palco, com aquele personagem.

OA: Qual foi a sua primeira reação ao saber que faria parte de um espetáculo com uma proposta tão diferente? 

JH: Primeiro que foi uma surpresa ter sido selecionado pro elenco! Tinha feito a audição, mas estava tão desacreditado, que nem tinha pensado no fato que estaria nu em cena! Mas não foi um choque, porque sabia para o que estava audicionando! Mas ainda assim tive que buscar uma autoconfiança que estava bem escondida dentro de mim, e que com certeza a conexão e a confiança que criamos como elenco me ajudou muito!

OA: Como você encara a importância de um espetáculo como “Naked Boys Singing” neste momento do país, que estamos vivendo, com uma quebra de tabu tão grande e temas tão importantes envolvidos? 

JH: Eu encaro como algo muito importante e necessário!  Além da nudez que por si só já é uma quebra de tabu, o que a produção em geral conseguiu trazer, desde a escolha do elenco, que é rico em diversidade (algo que não vemos no nosso mercado de teatro musical) até às versões, que foram atualizadas e pensadas em grupo, para trazer o mais próximo da nossa realidade.

OA: Já aconteceu alguma coisa inusitada em cena? Conte para a gente! 

JH: Já! Tivemos uma apresentação que acabou a luz do quarteirão, e o gerador do teatro não funcionou! Seguimos a cena de abertura ao som de palmas da plateia, e finalizamos o número!  (E não, nunca tivemos ereção durante as cenas. Essa é uma das perguntas mais famosas! Mas não tem condições, quando se está em cena, pensando em texto, coreografia, música, marcação de palco, marcação de luz, sentindo a energia de estar nu em cena em frente a olhos sedentos, não tem espaço pra isso rs).

OA: Qual dos números é seu preferido e por que? 

JH: O número das estátuas! Além de ser um número musicalmente lindo! (Que eu sinto muito, pois não canto rs) Pra mim é o número onde realmente representamos que a beleza física não significa nada e sim uma conexão olho a olho, uma conexão de alma, é o que realmente importa.

Você pode conferir o trabalho do ator João Hespanholeto ao vivo, no espetáculo Naked Boys Singing!, que está em cartaz no Teatro Nair Bello, em São Paulo.

Serviço:

Naked Boys Singing!

Teatro Nair Bello (Rua Frei Caneca, 569 – 3º Piso, Shopping Frei Caneca, São Paulo – SP)

Temporada: 21 de janeiro a 20 de fevereiro

Sábados, às 21h; e domingos, às 19h

Ingressos: R$40,00 e R$80,00

Vendas online: 

https://bileto.sympla.com.br/event/70174/d/116096/s/681405

Vendas presenciais na Bilheteria do Teatro ou nos Totens de Venda no Shopping Frei Caneca

Duração: 80 min

Classificação indicativa: 16 anos

Advertisement
Nicole Gomez
Formada em Rádio e TV, sou uma apaixonada por Teatro Musical e acredito que a Cultura pode mudar vidas.

More in:Entrevista