Televisão

Quadro de saúde de Paulo Gustavo é irreversível, informa novo boletim médico

Na noite desta terça (04) a assessoria do Paulo Gustavo divulgou um novo boletim médico, em que informa que o quadro de saúde do ator é irreversível e vem se deteriorando por causa da embolia gasosa em decorrência da fístula brônquio-venosa.

Apesar disso, o boletim confirma que até o presente momento, Paulo ainda tem sinais vitais presentes.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.” – forma a equipe médica em nota.

Paulo Gustavo está internado desde o dia 13 de março, após ser diagnosticado com Covid-19. No dia 21 do mesmo mês, precisou ser intubado por complicações da doença e no dia 02 de abril começou o tratamento por ECMO, que funciona como um pulmão artificial. No boletim médico divulgado na sexta (09), o ator vinha apresentando um resultado otimista e estável, porém no domingo (11), seu estado de saúde passou a ser considerado crítico. Na quinta (15), a equipe médica disse que está otimista em relação ao estado de saúde do ator, porém, ainda é considerado grave. No dia 19 de abril, seu estado de saúde também havia sido de melhoras.

No dia 26 de abril, o ator havia diagnosticado com uma nova pneumonia bacteriana, porém havia sido controlada. O último boletim médico, divulgado ontem (04), o ator chegou a interagir no último domingo (02) com o seu marido, Thales Bretas. Porém, no mesmo dia a noite houve uma piora súbita do seu nível de consciência e sinais vitais, no qual foi diagnosticado com embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central.

More in:Televisão